rasputines estúdio

arte no festival tribaltech 2010

Posted in arte, moda, promo, sustentável by rasputines on 18/05/2010

o estúdio rasputines será responsável pela arte do festival e a curadoria da edição tribaltech 2010, trazendo para o público instalações tecnológicas e interativas, propondo um ambiente sustentável e multicultural.
vários artistas serão convidados para fazer parte das ações do coletivo e desenvolver projetos de arte para o festival: serão intervenções no ambiente da festa e uma tenda reservada para as artes selecionadas através do concurso multicultural.

>

o estúdio rasputines também desenvolveu o figurino dos personagens e neste projeto pode contar com a participação da flor de vedete na modelagem e a estamparia do artista maikel da maia.

> além das peças confecionadas o figurino é composto por peças garimpadas em antiquários e em brexós, buscando manter a originalidade retratada na arte retrô do artista rafael silveira, responsável pela ilustração dos personagens nesta edição do festival.

+

infos

concurso

multicult

rede multicult tribaltech

>

esse final de semana a ação levou os personagens do festival na xxxperience, aqui em curitiba e em são paulo na virada cultural, foi muito legal e a galera pirou d+ na idéia!

o estúdio rasputines acompanhou a galera em são paulo  e pode captar a ação tribaltech na virada cultural!

+

fotos

flickr/rasputines

_

Posted in arte, sustentável by rasputines on 03/05/2010

“- a organização mundial de saúde, o banco mundial (bird) e a escola de saúde pública de harvard afirmaram que no ano de 2020 os acidentes de carro serão a terceira maior causa de mortes e ferimentos em todo o planeta, perdendo apenas para as isquemias do coração e a depressão.”

“- as principais causas de morte entre jovens europeus entre 15 e 24 anos são, por ordem, os acidentes de carro, suicídios e câncer, de acordo com o escritório estatistíco da união européia (eurostat).”

[…]

“assim como os  veículos ocupam o espaço e reduzem os lugares onde as pessoas podem parar ou viver, ocupam igualmente mais horas a cada ano, além de imporem seu ritmo ao projeto de cada dia.

o tranporte é principalmente um produto da indústria, o trânsito não é, nem pode sê-lo. quem transita é dono do seu próprio ato. quem usa transporte é passageiro ou usuário, ou seja, cliente de uma indústria. o trasnporte utilizado é um bem com valor de troca, sujeito à escassez. submeter-se ao jogo do mercado, organizado como um “jogo de soma zero”, de tal maneira que, se alguns ganham, os outros perdem.”

texto retirado do livro apocalipse motorizado – a tirania do automóvel em um planeta poluído”. Ned Ludd (org.)

>

> sem mortos e um pouco feridos, continuaremos a bicicletar por aí!

depois, é claro, de levar as bicicleas para o concerto – doações para: 8898 *#%&&5 brincadeira!

> fotos

flickr.com/rasputines

> download do livro “apocalipse motorizado” AQUI